AMA Motocross 2014 – Spring Creek – 450CC

Primeira Bateria (Nota Asupercross: 9)


Segunda Bateria (Nota Asupercross: 8)

Sábado passado (19/08/2014) rolou a oitava etapa do AMA Motocross no circuito Spring Creek! Sim, o nível do campeonato continua elevadíssimo!

Duas baterias repletas de disputas! Vale a pena conferir!

É uma pena que Ryan Villopoto não está andando, só faltava ele para esse ano ser perfeito!

Essa foi uma etapa que marcou o que já vinhamos observando desde o ano passado na categoria 250cc. Eli Tomac tem todas características de um campeão, é inegável seu talento, garra e preparo físico. Acredito que no próximo ano os grandes nomes serão Eli Tomac, Ken Roczen e Ryan Villopoto, e mais, no AMA Motocross 2015 a minha aposta, sem dúvida, será em Eli Tomac.

Se ainda não assistiu, assista ou leia as próximas linhas por sua conta em risco … =P

Eli Tomac

Eli Tomac

O que falar de Eli Tomac? Teve duas baterias perfeitas! A primeira largou em terceiro lugar, logo atrás de  Ken Roczen e Ryan Dungey. Conforme a corrida foi evoluindo, Roczen e Tomac ultrapassam Dungey e aí começa uma linda disputa!O Alemão conseguiu resistir por alguns minutos, mas Eli não estava para brincadeira, ultrapassou Roczen e abriu um significativa vantagem. Mesmo andando de 450cc Eli consegue ser muito agrassivo, é impressionante. Essa nova geração está chegando com tudo.

Dungey

Ryan Dungey

Ryan Dungey teve um bom final de semana, conseguiu um terceiro e um segundo lugar. Continua com sua habitual constancia e aguarda um erro de Roczen para assumir a liderança. Sua melho bateria foi a segunda, conseguiu acompanhar Tomac um bom tempo, mas O “Rookie” parece um robo, não perde rendimento durante a prova, e depois de algum abriu uma grande vantagem.

Ken Roczen

Ken Roczen

Ken Roczen andou bem na primeira bateria, apesar de ter sido ultrapassago por Tomac, que na minha opinião, não é um demerito, mas na segunda aconteceu alguma coisa, talvez algum problema físico. Largou bem, atrás de Tomac, mas durante a prova foi ultrapassado por Dungey e Canard.

Trey Canard

Trey Canard

Canard andou bem, entre os primeiros nas duas baterias, mas não conseguiu acompanhar os líderes. Na primeira bateria ficou em quarto e na segunda em terceiro, após ultrapassar Roczen. Trey continua mantando um ótimo ritmo, sem se machucar, é claro que os acidentes dos últimos anos, prejudicaram sua evolução.

Resultado:

1. Eli Tomac 1-1
2. Ryan Dungey 3-2
3. Ken Roczen 2-4
4. Trey Canard 4-3
5. Josh Grant 5-5
6. Brett Metcalfe 6-6
7. Andrew Short 9-7
8. Weston Pieck 8-8
9. Fredrik Noren 11-10
10. Matt Goerke 12-11
11. Justin Brayton 10-15
12. Christian Craig 19-9
13. Mitch Oldenburg 16-12
14. Ben LaMay 15-13
15. Chad Reed 14-14
16. James Stewart 7-40
17. Ryan Sipes 13-34
18. Paul Coates 23-16
19. Heath Harrison 25-17
20. Ronnie Stewart 17-38

Classificação Geral:

1. Ken Roczen – 367
2. Ryan Dungey – 343
3. Trey Canard – 302
4. James Stewart – 226
5. Brett Metcalfe – 222
6. Josh Grant – 218
7. Weston Peick – 188
8. Andrew Short – 187
9. Eli Tomac – 168
10. Chad Reed – 146

A classificação geral não teve grande alteração, a diferença de pontuação do Roczen para Dungey diminuiu para vinte e quatro pontos e James a cada etapa aumenta sua diferença para Trey canard.

Espero que tenham gostado!

Até a próxima!

#MXLIFE

Comentários

Comentáros

Leave a Reply