AMA MOTOCROSS 2015 – High Point – 450CC

Primeira Bateria

Segunda Bateria

Fala piloto, tudo certo? Espero que sim!

No final de semana passado ocorreu a quinta etapa do AMA Motocross 2015, High Point!

Nossa nota para a categoria 450cc é 9.1. Foi uma etapa, no mínimo, diferente! Ver outros rostos nas primeiras colocações é sempre benéfico para o espetáculo. Esperamos que as disputas continuem assim! As baterias foram emocionantes e a pista colaborou com as disputas! Se o tempo estiver curto, sugerimos assistir a segunda bateria!

A pista de High Point estava muito técnica, os pilotos, em entrevista, confirmaram por algumas vezes essa informação. Ela apresentou muitas cavas, descidas insanas e saltos bonitos de se ver. Como os comentaristas disseram, essa pista estava bem no estilo europeu.

Ken Roczen

Ken Roczen

Bom, agora vamos falar de Ken Roczen! Sim, finalmente Roczen consegue sua primeira vitória do ano no AMA Motocross! Com duas boas largadas o piloto com seguiu respectivamente um segundo e um primeiro lugar. Evidentemente ele estava com saudade de subir no topo do pódio. Na segunda bateria o piloto segurou Dungey a prova inteira, mostrando ótimo condicionamento.

Ryan Dungey

Ryan Dungey

Ryan Dungey também fez bonito, com um primeiro e um segundo lugar. Na primeira bateria Dungey não deu chance para ninguém ultrapassou Barcia, Poucel e Roczen, seguindo firme para tranquila vitória. Ele faz a mesma pontuação que Roczen e segue firme na liderança do campeonato. Será que alguém tira a taça de sua mão? Difícil em…

Jason Anderson

Jason Anderson

Em terceiro lugar, outro piloto que vem surpreendendo muito! Jason Anderson não tomou conhecimento de Barcia e seu companheiro de equipe Pourcel, simplesmente atropelou e seguiu firme para terceira colocação na primeira bateria. O Rookie vem surpreendendo à todos! Na primeira bateria, não largou tão bem e finalizou em quarto.

Christophe Pourcel

Christophe Pourcel

Falando em estilo europeu, o novo destaque da categoria é Christophe Pourcel! Alguém aqui conhece o piloto? Pourcel já correu e venceu diversas vezes na categoria 250cc, disputando com Dungey em meados de 2010. Pourcel chegou a superar algumas vezes o atual líder do campeonato, mas, na época, optou por ir correr no mundial de MX. Um erro na minha opinião.

Acabou não conseguindo resultados expressivos o mundial, devido dificuldade de adaptação. Bom, ano passado ele retornou para o AMA na categoria 250cc e esse ano está correndo com a nova equipe da Husqvarna.

Nessa etapa Pourcel conseguiu boas largadas e um ótimo ritmo de prova, ficando em quarto lugar na etapa, logo a frente de Justin Barcia.

Barcia está voltando a sua melhor forma e já está começando a dar trabalho. Especialista em largada, também apresentou uma ótima pilotagem. Weston Peick, que apresentou melhores resultados que ele no AMA Supercross, não está conseguindo acompanhar.

Resultados

1. Ken Roczen 2-1
2. Ryan Dungey 1-2
3. Jason Anderson 4-3
4. Christophe Pourcel 3-5
5. Justin Barcia 5-4
6. Broc Tickle 6-8
7. Weston Peick 11-6
8. Cole Seely 7-10
9. Wil Hahn 10-9
10. Fredrik Noren 8-12
11. Justin Brayton 9-14
12. Ryan Sipes 13-13
13. Phil Nicoletti 40-7
14. Kyle Chisholm 14-15
15. Kyle Cunningham 12-17
16. Blake Baggett 34-11
17. Matt Lemoine 17-16
18. Jesse Wentland 15-19
19. Gannon Audette 16-20
20. John Short 21-18
Podio

Classificação geral

1. Ryan Dungey 222 points | 3 moto wins
2. Ken Roczen 185 points | 2 moto wins
3. Jason Anderson 150 points
4. Justin Barcia 148 points
5. Blake Baggett 145 points
6. Broc Tickle 131 points
7. Weston Peick 129 points
8. Eli Tomac 125 points | 5 moto wins
9. Christophe Pourcel 115 points
10. Phil Nicoletti 106 points

O campeonato está no inicio, mas pela experiência que temos e o numero de pontos de vantagem, dificilmente alguém irá tirar a taça de Dunngey. Esperamos que Roczen continue dando trabalho para termos corridas mais emocionantes!

Esperamos que tenha gostado! Curta, compartilhe e comente, seu apoio é muito importante para nós!

Comentários

Comentáros

Leave a Reply