AMA MOTOCROSS 2015 – REDBUD – 250CC #TUDOSOBRE

Primeira Bateria

Segunda Bateria

Fala piloto, tudo bem? Espero que sim!

Final de semana passado aconteceu a sétima etapa do AMA Motocross, REDBUD!

A nossa nota para categoria 250cc foi 9.8, uma das melhores do ano, sem dúvida! Realmente as duas baterias foram ótimas! Disputas incríveis, na realidade foi mais que incrível, onde o vencedor ficou indefinido até a última volta! Em algumas corridas costumo adiantar alguns trechos devido ao tempo elevado das provas, mas dessa vez, não consegui tirar o olho da tela um minuto. Se ainda não assistiu, por favor, não deixe de clicar nos vídeos acima!

A pista de REDBUD é incrível, totalmente favorável a incríveis disputas! Um triplo insano, onde pouquíssimos pilotos da 250cc tiveram essa coragem, na primeira bateria, enquanto o solo ainda estava com condições para impulsionar as máquinas. Além disso, diversas subidas e descidas, grandes duplos e muitas muitas e muitas cavas. Que espetáculo! Uma das corridas, se não a melhor corrida do ano. Finalmente vimos o confronto de Marvin e Jeremy Martin, um Cooper Webb com sede de vitória e Zach Osborne acelerando muito!

Jeremy Martin

Jeremy Martin

Em primeiro lugar ficou, agora líder do campeonato com sete pontos de vantagem, Jeremy Martin. Realmente foi uma corrida atípica onde no início da prova Martin teve dificuldade de adaptação e um pouco de nervosismo, como o piloto disse em entrevista, sendo ultrapassado por Cooper Webb e Musquin, mas da segunda metade para frente ele atropelou tudo e todos, contando com um pouco de sorte na segunda bateria, com a queda de Webb.

Zach Osborne

Zach Osborne

Zach Osborne está andando muito, que evolução é essa? Desse jeito todos os outros pilotos vão querer treinar com Eli e seu pai. Zach, conseguiu um belo terceiro lugar, mas na realidade também contou com a ajuda de Cooper Webb, para chegar nessa colocação. Isso não tira de jeito algum os méritos do piloto, que deixou Marvin Musquin e Christian Craig para trás.

Cooper Webb

Cooper Webb

Que pena, queria ter visto Webb em primeiro lugar nessa etapa. O garoto mereceu, é a segunda etapa que corre depois de sua contusão e já mostrou muita velocidade e vontade. Esse garoto é um dos meus pilotos favoritos devido a sua habilidade e estilo inconfundível, mas ainda falta um pouco de maturidade.

Qual será a dificuldade de ficar um bom tempo afastado das competições profissionais e retornar disputando as primeiras posições como Cristian Craig? Eu não consigo imaginar. Craig já vem mostrando um ótimo resultado e na segunda bateria dessa etapa liderou uma grande parte. Finalizou o final de semana com um um sexto e um terceiro lugar.

Quem não viu a corrida deve estar se perguntando e Marvin Musquin? Caiu? Sim, se enroscou em uma bateria, mas nada demais, basicamente não conseguiu acompanhar os ponteiros, mas deve chegar cheio de vontade para recuperar a liderança na próxima etapa.

Resultado

1. Jeremy Martin (Yamaha) 1-1
2. Zach Osborne (Husqvarna) 3-2
3. Cooper Webb (Yamaha) 2-5
4. Christian Craig (Honda) 6-3
5. Alex Martin (Yamaha) 5-4
6. Marvin Musquin (KTM) 4-6
7. Aaron Plessinger (Yamaha) 9-9
8. Chris Alldredge (Kawasaki) 8-10
9. Jessy Nelson (KTM) 7-11
10. RJ Hampshire (Honda) 14-8
11. Matt Bisceglia (Honda) 17-7
12. Joey Savatgy (Kawasaki) 12-12
13. Jordon Smith (Honda) 10-14
14. Justin Hill (KTM) 11-15
15. Mitchell Oldenburg (KTM) 15-16
16. Shane McElrath (KTM) 19-13
17. Kyle Peters (Honda) 16-18
18. Anthony Rodriguez (Yamaha) 13-37
19. Luke Renzland (Yamaha) 20-17
20. Dakota Alix (KTM) 18-38

Podio

Classificação geral

1. Jeremy Martin – 298
2. Marvin Musquin – 291
3. Zach Osborne – 207
4. Joey Savatgy – 191
5. Alex Martin – 188
6. Jessy Nelson – 188
7. Adam Cianciarulo – 178
8. Matt Bisceglia – 142
9. Aaron Plessinger – 142
10. Chris Alldredge – 137

Sobre a classificação geral e quem levará a taça para casa? Está bem, já demorei muito para me comprometer. Vou direcionar as apostas em Jeremy Martin, que vem se mostrando extremamente rápido, apesar de suas dificuldades na largada. Mesmo assim, acredito que ainda vamos ver disputas incríveis com Martin, Musquin, Webb e Osborne, sem contar com a ascendente evolução Alex Martin (irmão mais velho do líder).

Para colocar sua opinião sobre a etapa, entre em nossa página do Facebook e escreva no anúncio dessa matéria!

www.facebook.com/asupercross

Esperamos que tenha gostado! Curta, compartilhe e comente, seu apoio é muito importante para nós!

Comentários

Comentáros

Leave a Reply