AMA MOTOCROSS 2015 – UNADILLA – 250CC

Primeira Bateria

Segunda Bateria

Fala piloto! Tudo bem com você? Espero que sim!

Final de semana passado aconteceu à décima etapa do AMA Motocross, em Unadilla!

Agora só faltam duas etapas…

desanimo

Mas não desanimem, a categoria 250cc está extremamente disputada e tem tudo para fechar com chave de ouro! Além disso esse ano ainda temos o Monster Energy Cup e o Red Bull Straight Rhythm! \o/

Nossa nota para categoria 250 cilindradas foi 9,3. As baterias foram muito interessantes, repletas de incríveis disputas! Tivemos mudanças no pódio, e uma bela batalha entre os pilotos Marvin Musquin e Cooper Webb! As baterias completas estão disponíveis nos vídeos acima, se o tempo estiver curto, sugiro dar prioridade à segunda bateria.

A pista de Unadilla proporcionou um belo espetáculo! Durante as provas ela foi se deteriorando cada vez mais, elevando a dificuldade e complicando a vida dos pilotos, alguns acabaram  se atrapalhando e caindo. A pista é muito bem desenhada, rápida e com belíssimos saltos, que levaram a torcida à loucura! As disputas foram muito intensas, pois ela não estava favorecendo, em nada, as ultrapassagens.

Joe Savatgy

Joe Savatgy

Sim, Joe Savatgy! Finalmente, o piloto que vinhamos elogiando nas etapas anteriores, conseguiu dois ótimos resultados (2-2), com uma pequena ajuda de Cooper Webb.  Durante a segunda bateria, após liderar boa parte da prova, Savatgy foi ultrapassado por Musquin e Webb, e isso deixaria o piloto em segundo na classificação geral, porem, em após diversas investidas de Webb para ultrapassar Musquin, ele acaba caindo, deixando o segundo lugar nas mãos de Joe. Savatgy, depois de uma temporada muito boa, em seu segundo ano como profissional, merecia levar ao menos uma etapa!

Marvin Musquin

Marvin Musquin

Marvin Musquin ficou em segundo lugar na etapa e ainda diminuiu muito a diferença na pontuação geral para Jeremy Martin. Agora o piloto Frances está à dois pontos do líder! E olha que o resultado dessa corrida poderia ter sido melhor. Durante a primeira bateria, enquanto andava logo atrás do piloto Chris Alldredge, seu óculos foi muito danificado após ser atingido por uma pedra, com isso, sua visão ficou prejudicada, impedindo o piloto de prosseguir ultrapassando seus adversários.

Jeremy Martin

Jeremy Martin

Jeremy Martin andou muito na primeira bateria, conseguindo a primeira colocação! Sua disputa com Joe Savatgy foi muito linda! Já na segunda bateria o líder do campeonato não teve uma boa largada, mas conseguiu se recuperar, apesar da pista não favorecer a ultrapassagem, acabou em quinto lugar, ficando em terceiro no geral. Faltam apenas duas etapas e o Red Plate ainda está em sua Yamaha! Esses resultados inconstantes de Martin acabam prejudicando muito o piloto, que já era para estar com uma bela vantagem, visto que está claramente andando em um nível superior comparando com os demais pilotos da categoria.

Resultado

1. Joey Savatgy | 2-2
2. Marvin Musquin | 4-1
3. Jeremy Martin | 1-5
4. Jessy Nelson | 6-4
5. Alex Martin | 8-6
6. Shane McElrath | 7-8
7. Christian Craig | 5-10
8. Aaron Plessinger | 16-3
9. Matt Bisceglia | 12-9
10. Rj Hampshire | 15-7
11. Chris Alldredge | 3-37
12. Matchell Oldenburg | 10-13
13. Zach Osborne | 10-13
14. Luke Renzland | 13-12
15. Justin Hill | 14-14
16. Jordon Smith | 11-18
17. Martin Davalos | 19-11
18. Nick Gaines | 22-16
19. Dakota Alix | 20-17
20. Kyle Peters | 17-33
21. Cooper Webb | 18-23
22. Hayden Mellross | 33-19
23. Jace Owen | 38-20
24. Alex Frye | 21-22
25. Justin Starling | 23-21
26. Bobby Piazza | 25-25
27. Chris Canning | 26-26
28. Matt Babbitt | 27-29
29. Cody Williams | 32-27
30. Marshal Weltin | 24-36
31. Aaron Lampi | 37-24
32. Gared Steinke | 31-31
33. Jeremy Hand | 30-32
34. Seth Ciccarelli | 28-34
35. Eric Grondahl | 34-30
36. Keith Tucker | 39-28
37. Dakota Kessler | 29-38
38. Roland Beck | 35-35
39. Hunter Sayles | 36-39
40. Toshiki Tomita | 40-40

Podio

Classificação geral

1. Jeremy Martin – 416
2. Marvin Musquin – 414
3. Joey Savatgy – 284
4. Zach Osborne – 277
5. Jessy Nelson – 266
6. Alex Martin – 261
7. Aaron Plessinger – 228
8. Shane McElrath – 208
9. Matt Bisceglia – 195
10. RJ Hampshire – 189
11. Christian Craig – 183
12. Adam Cianciarulo – 178
13. Cooper Webb – 177
14. Jordon Smith – 177
15. Chris Alldredge – 170

Os resultados dessa prova deixam Jeremy com apenas 2 pontos de vantagem para o segundo colocado Marvin Musquin, como dissemos anteriormente. Essa diferença é quase nula, Martin não pode mais se dar ao luxo de ter resultados ruins ou medianos. Musquin está com muita sede em seu último ano na categoria 250cc e não vai perdoar mais um erro de Martin.

Esperamos que tenha gostado! Curta, compartilhe e comente, seu apoio é muito importante para nós!

Comentários

Comentáros

Leave a Reply