AMA SUPERCROSS 2016 – DETROIT – RD11 – 450CC

full_031916detroitracing1405_579536
Fala piloto! Esse último final de semana ocorreu a décima primeira etapa do AMA Supercross, categoria 450cc, etapa de Detroit!

A bateria principal da categoria 450cc foi uma das menos emocionantes do ano, acredito que só o início dela foi interessante. Uma prova bem tranquila, sem grandes novidades, a não ser uma punição inesperada após a conclusão da prova. Nossa nota para a etapa é 7,5. Se desejar, assista a bateria principal logo abaixo!

 


Punição: A organização do evento decidiu punir Ryan Dungey em duas posições, por realizar um salto indevido durante a bandeira cruz vermelha (bandeira que sinaliza um atendimento médico próximo), então apesar de ter cruzado em primeiro lugar, o piloto acabou ficando em terceiro.


James Stewart novamente não participou da prova, pois está em recuperação.

2015-detroit-sx-_-450-class-07

Sim, depois da punição mencionada acima, Jason Anderson leva a sua segunda vitória nesse ano! Uma vitória merecida, mas que contou com dois imprevistos, a queda de Musquin, durante o final da prova, e a punição de Dungey. Jason Anderson vem apresentando muita vontade, técnica e velocidade durante 2016, vem surpreendendo seus adversários! O piloto, com esse resultado, se mantem na terceira colocação na classificação geral.

full_031916detroitracing1425_173219

Em segundo lugar ficou Marvin Musquin! Está difícil do piloto conseguir sua merecida primeira vitória. Dessa vez se ficasse em segundo, receberia a primeira colocação devido a punição de Dungey, mas no final da prova o piloto Frances acabou deixando a frente da moto escorrergar e entregou a segunda colocação para Anderson. Musquin largou muito bem, e assustou os expectadores, fechando Dungey em uma manobra bem agressiva, mas mesmo assim Dungey, após alguns minutos, o ultrapassou. Ele já se encontra na quarta colocação na classificação geral.

2015-detroit-sx-_-450-class-02

Dungey fez uma prova praticamente perfeita! Largou bem, ultrapassou Musquin, fez a volta mais rápida da prova, mas acabou cometendo o erro mencionado acima e recebeu a punição, ficando assim em terceiro lugar. Nenhum dos pilotos que ficaram na sua frente oferecem grandes perigos para sua liderança no campeonato.

Quem deve estar triste com o resultado é Aldon Baker, treinador de Dungey, Musquin e Anderson. O cara realmente é fora da curva, seus três pilotos estão tendo resultados surpreendentes, deixando os demais pilotos na segunda página. O único piloto que está conseguindo se aproximar é Ken Roczen, que ocupa hoje a segunda colocação na classificação geral.

Resultado

1. Jason Anderson
2. Marvin Musquin
3. Ryan Dungey
4. Chad Reed
5. Eli Tomac
6. Ken Roczen
7. Weston Peick
8. Trey Canard
9. Mike Alessi
10. Justin Bogle
11. Cole Seely
12. Joshua Grant
13. Vince Friese
14. Phillip Nicoletti
15. Nicholas Wey
16. Nicholas Schmidt
17. Cody Gilmore
18. Justin Brayton
19. Blake Baggett
20. Kyle White
21. Jeff Alessi
22.Jacob Weimer

full_031916detroitracing1891_665651

Classificação Geral

1. Ryan Dungey – 253pts (5 vitórias)
2. Ken Roczen – 214pts (3 vitórias)
3. Jason Anderson – 200pts (2 vitórias)
4. Eli Tomac – 186pts (1 vitória)
5. Marvin Musquin – 178pts
6. Cole Seely – 173pts
7. Chad Reed – 160pts
8. Justin Brayton – 128pts
9. David Millsaps – 105pts
10. Trey Canard – 104pts

Dungey segue firme para faturar seu terceiro título da categoria, dificilmente outro piloto conseguirá desbancar o piloto mais constante da história. Seu pior resultado no ano é o terceiro lugar, em nenhuma prova o piloto ficou fora do pódio, impressionante!

Curta, compartilhe e comente! Sua ajuda e muito importante para nós!

Espero que tenha gostado!

Até a próxima! Grande abraço!

Comentários

Comentáros

Leave a Reply