AMA SUPERCROSS 2016 – ST. LOUIS – RD14 – 450CC

largada
Fala piloto! Esse último final de semana ocorreu a décima quarta etapa do AMA Supercross, categoria 450cc, etapa de St. Louis!

Essa etapa pode facilmente se confundir com a etapa passada em Indianapolis. A batalha dos lideres do campeonato foi intensa! Nossa nota para a etapa é 8,5. Assista a bateria principal logo abaixo!

 

Já está virando piada, James Stewart não participou do evento principal, devido queda na primeira etapa classificatória, onde Weston Peick pousou em suas costas, causando uma dor intensa e o abandono dessa etapa. Stewart não está preparado fisicamente e mentalmente para retornar, durante a etapa de classificação o piloto errou muito tentando alcançar Mike Alessi. Algo de errado está acontecendo com nosso ídolo.

Ryan Dungey

Mais uma suada vitória de Ryan Dungey! Dungey novamente mostrou muita garra, técnica e experiência para vencer Roczen, mesmo estando mais lento que o piloto Alemão e sendo ultrapassado durante a disputa, Ryan conseguiu recuperar a posição e vencer. Sem dúvida Roczen está com o psicológico abalado, depois dessa derrota. Aldon Baker realmente educa o piloto a ser um vencedor. O piloto, devido mais uma largada perfeita, leva o prêmio HoleShot.

Ken Roczen

Mais uma vez Roczen não consegue garantir a vitória, mesmo virando meio segundo mais rápido por volta do que Dungey. O piloto Alemão, com uma carreira repleta de títulos, não conseguiu superar a determinação de Dungey, devido erro cometido durante a prova, assim como na etapa passada. Mesmo assim, ver Roczen atacando o líder do campeonato nos dá esperanças de provas mais disputadas na categoria!

A volta mais rápida da prova ficou com ele 53.484 segundos.

Jason Anderson

Jason Anderson ficou em terceiro lugar, perdendo a segunda colocação para Roczen na última volta.  Jason Anderson largou bem, em sétimo lugar, e fez uma boa prova, tirando o fato da ultrapassagem muito agressiva realizada em cima de Justin Brayton. Jason Anderson ainda conseguiu ultrapassar Roczen, depois da queda do piloto, mas acabou perdendo a posição, como disse anteriormente. Ele ainda é um piloto que precisa amadurecer, por diversas vezes acaba tirando um dos concorrentes da pista em ultrapassagens “sujas”, visivelmente desnecessárias, isso desde quando andava na categoria 250cc.  Anderson ainda ocupa a terceira posição na classificação geral.

Resultado

1. Ryan Dungey
2. Ken Roczen
3. Jason Anderson
4. Justin Bogle
5. Trey Canard
6. Chad Reed
7. Eli Tomac
8. Josh Grant
9. Justin Brayton
10. Mike Alessi
11. Justin Barcia
12. Blake Baggett
13. Jacob Weimer
14. Broc Tickle
15. Marvin Musquin
16. Weston Peick
17. Vince Friese
18. Christophe Pourcel
19. Nick Wey
20. Nick Schmidt
21. Alex Ray
22. Jeff Alessi

Podio

Interessante observar que as três primeiras colocações foram idênticas as da semana passada.

Classificação Geral

1. Ryan Dungey – 328pts (8 vitórias)
2. Ken Roczen – 280pts (3 vitórias)
3. Jason Anderson – 260pts (2 vitórias)
4. Eli Tomac – 226pts (1 vitória)
5. Chad Reed – 208pts
6. Marvin Musquin – 188pts
7. Cole Seely – 173pts
8. Justin Brayton – 161pts
9. Trey Canard – 154pts
10. Jake Weimer – 114pts

Impressionante, as ultimas 3 etapas tiveram o mesmo pódio, perceberam? Dungey continua provando sua superioridade, quando não de velocidade, de experiência e competência.  Sua vantagem agora é de 48 pontos para o segundo colocado.

Curta, compartilhe e comente! Sua ajuda e muito importante para nós!

Espero que tenha gostado!

Até a próxima! Grande abraço!

Comentários

Comentáros

Leave a Reply