AMA SUPERCROSS 2016 –TORONTO – RD10 – 250CC

Largada
Fala piloto! A décima etapa do campeonato e terceira etapa da East Coast foi em Toronto!

Nossa nota para a etapa destruidora de Toronto, categoria 250cc (East Coast), é 9.0. Essa etapa foi semelhante a uma partida de boliche, preste atenção na imagem acima que retrata a largada. Não perca a corrida clicando no vídeo abaixo. Adiante o vídeo para 1h27m50s.


Pista: A pista de Toronto é muito veloz e técnica! Essa pista é a única fora do terreno americano, ela fica no Canadá e justamento por isso, dois pilotos não puderam participar do evento. Um da categoria 450cc, Christophe Poucel, e outro da categoria 250cc, Martin Davalos.


Martin Davalos não pôde participar da prova e de quebra passou de primeiro para quinto na classificação geral.

Justin Hill

Justin Hill consegue sua primeira vitória do ano! O garoto vinha como um dos favoritos esse ano, mas apenas na terceira etapa conseguiu desencantar. Ele aproveitou o grande acidente que ocorreu no início da prova, para ficar entre os primeiros. Para assumir a primeira posição, ele teve, principalmente, que superar seu companheiro de equipe Shane McElrath.

Além de vencer, Justin também fez a volta mais rápida da prova 56.300 segundos e terminou com aproximadamente 20 segundos de vantagem para o segundo colocado.

Jeremy Martin

Que corrida espetacular de Jeremy Martin! O Segundo lugar com gosto de primeiro levou o piloto para liderança na classificação geral! Após se envolver no acidente no início da prova, o piloto fez uma corrida de recuperação espetacular.  Jeremy já é um veterano na categoria 250cc e já tem dois títulos no AMA Motocross, mas no Supercross nunca conseguiu grandes resultados. Nesse ano está andando forte e tem grandes chances de ganhar seu primeiro título.

Matt Bisceglia

Em terceiro lugar ficou Matt Bisceglia. O piloto, nesse ano, não apresenta grandes resultados, mas aproveitou a confusão no início da prova para conseguir um bom resultado. Além dele, Alex Frye
e Jesse Wentland conseguiram seus melhores resultados, aproveitando de todas essas quedas que permearam toda prova.

Gostaria que você prestasse atenção no tumulto da largada e visse quem gerou o strike! Já reconheceu? Sim, pode ser pura coincidência, mas Tyler Bowers, o polêmico piloto, que fez sua carreira no “violento” Arenacross e que realizou algumas disputas questionáveis com Cooper Webb ano passado, deu uma bela pancada em Malcolm, antes da queda.

Resultado:

1. Justin Hill
2. Jeremy Martin
3. Matt Bisceglia
4. Alex Frye
5. Jesse Wentland
6. Malcolm Stewart
7. Benny Bloss
8. Gannon Audette
9. Paul Coates
10. Arnaud Tonus
11. Tyler Bowers
12. Aaron Plessinger
13. Cedric Soubeyras
14. Anthony Rodriguez
15. Josh Cartwright
16. Justin Starling
17. Jimmy Albertson
18. Shane McElrath
19. Logan Karnow
20. Daniel Herrlein
21. Cody Church
22. Rj Hampshire

Podio

Classificação Geral

1. Jeremy Martin – 65pts (1 vitória)
2. Justin Hill – 63pts (1 vitória)
3. Malcolm Stewart – 55pts
4. Martin Davalos – 45pts (1 vitória)
5. Aaron Plessinger – 45pts
6. Tyler Bowers – 35pts
7. Matt Bisceglia – 32pts
8. Benny Bloss – 32pts
9. Alex Frye – 31pts
10. Jesse Wentland – 30pts

O campeonato ainda continua aberto e os 4 primeiros tem grandes chances de vencer. Sem dúvida teremos muitas disputas!

Acompanhe as etapas do AMA Supercross clicando aqui!

Curta, compartilhe e comente! Sua ajuda é muito importante para nós!

Espero que tenha gostado! Grande abraço!

Comentários

Comentáros

Leave a Reply